A poesia de Cecília Meireles!

Cecília

Hoje é o dia da linda Cecília Meireles, uma das escritoras brasileiras mais importantes de nossa literatura. E como o Google a homenageou com esta linda imagem sob o luar, resolvi escolher uma de suas maravilhosas poesias para homenageá-la também.

A Bailarina

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.
Não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.

Não conhece nem mi nem fá
Mas inclina o corpo para cá e para lá

Não conhece nem lá nem si,
mas fecha os olhos e sorri.

Roda, roda, roda, com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar.

Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças.

Esta poesia marcou minha infância, meus tempos de escola. Mas existem muitas outras lindas poesias da Cecília, algumas que você já deve até ter lido, sem saber que era dela. Vá no Google e descubra ainda mais dessa escritora maravilhosa!

Cecília Benevides de Carvalho Meireles (1901 — 1964) foi  uma poetisa, pintora, professora e jornalista brasileira . É considerada uma das vozes líricas mais importantes das literaturas de língua portuguesa.

Beijos e até a próxima!