Inspiração: Como decorar sua kitinet ou seu comodo multiuso

kitinet-2

Decidi fazer essa postagem por estar passando exatamente por essa situação. Como decorar e organizar meu quarto, integrado ao: quarto de bebê, escritório e área de descanso/lazer tudo em um só comodo? Em minha atual situação mesmo depois de casada e a espera de uma linda bebê ainda moramos com meus pais o meu mundo/casa se passa em nossa suite.

Foi então que resolvi buscar inspirações em kitinets pois como vocês devem saber elas são geralmente espaços bem pequenos e sem divisão ou seja, tudo integrado em um comodo só. Perfeito né? E devo confessar, me ajudaram muito e espero que assim como me inspirou, inspire alguns de vocês.

kitinet-17

kitinet-16kitinet-15kitinet-14kitinet-13kitinet-12kitinet-11kitinet-10kitinet-9kitinet-6kitinet-5kitinet-7kitinet-4kitinet-3quarto-compartilhado-begekitnet-45m-04

Escreve aí…

large-1

Não acredite na ilusão daquelas músicas  do Luan Santana, ela não vai te esperar por 10, 20, 30 anos. Nem vai estar a sua disposição quando estalar os dedos. Quem ama de verdade valoriza, não fica lamentando o que perdeu.

Ela não vai mais acreditar nas suas mentiras. Não adianta agora dizer que sente falta, prometer que vai trocar tudo para estar com ela. Não adianta querer dizer que até seu sobrenome pode ser o dela, meu bem, ela sabe quem é você, sabe que não vale nem mesmo o esforço de mais uma chance.

Acordou tarde demais. Ela cansou, não percebeu? Não mudou de cidade, nem de telefone, mas conforme a letra, decidiu ser feliz e sem espaço para você. Ela insistiu, se perdeu, deixou que a levasse para te ver feliz e de nada adiantou. Você deveria ter ouvido mais quando a música tocava e dizia que “garotas não merecem chorar”, a letra estava certa.

Ela te avisou, ela deixou bem claro: “Ainda vou te esquecer… escreve aí!”. E você achando que ela não era forte o bastante.

Agora você só é passado, parte de uma música antiga que nem toca mais no rádio.

Hoje me permitirei amar você!

large

Hoje eu vou fechar meus olhos e te imaginar como é verdadeiramente. Hoje eu vou te entregar meu coração, ainda que você o quebre em pedaços, eu vou dá-lo à você. Hoje te entregarei a melhor parte que possuo, mesmo que você possa destruí-la. Também vou te entregar meu sorriso, torcendo para que você não o faça esmorecer.

Vou correr o risco de pular daqui, sem saber se você vai estar lá para me segurar. Vou abrir os braços sem receios ou dúvidas e acreditar que você vai estar lá por mim. Vou acreditar na beleza de te ver chegando. Na euforia que meu coração sente ao te ver feliz. Vou me deixar levar por seu beijo que me transborda de insensatez. Vou acreditar em nós.

Me permitirei sentir. Me permitirei ser. Me permitirei AMAR VOCÊ. Amar seu cabelo bagunçado e a bagunça gigantesca dentro de mim, causada por você. Amar sua mania de querer ter razão, mesmo quando eu estou certa. Amar todos os defeitos que te tornam único. Amar suas qualidades que te tornam um ser humano tão extraordinário.

Hoje vou deixar que o destino se encarregue do nosso futuro, pedindo que ele seja bom e que nossas escolhas sejam as certas, para que tenhamos uma chance de dar certo. Estarei te esperando, vou te entregar quem sou, toda errada, torta, mas feliz. Vou deixar que você faça parte dos meus sonhos, da minha vida!

De hoje em diante eu me torno morada em você e você vem morar em mim!

Resenha: A lista de Brett -Lori Nelson Spielman

a-lista-de-brett

Não sei se foi a capa, o nome, ou a sinop desse livro que fez com que eu o desejasse tanto. A lista de Brett ficou por algum tempo sendo o topo da minha wishlist, então não pude conter a ansiedade e assim que ele chegou em minha casa devorei ele em apenas dois dias.

Na história temos como protagonista Brett, uma mulher sonhadora e encantadora mas que com o tempo acabou sendo endurecida pela vida e se perdendo ao longo dos anos. Brett tem dois irmãos, um namorado dos sonhos(ou não), um emprego muito bom na empresa de sua mãe como executiva de publicidade e acredita que tem tudo o que precisa na vida, mas sua extraordinária mãe sabe que isso não é bem verdade.

Logo no início nos deparamos com a morte prematura de Elizabeth Bohlinger, mãe de Brett e o quanto isso está a afetando já que as duas tinham um relacionamento tão forte e próximo. Elizabeth como mulher e mãe  extraordinária que percebemos logo de princípio que foi ao longo da vida não fez muito diferente após a morte, garantindo mesmo depois de partir que sua filha encontre a sua felicidade. Com esse intuito é que Brett recebe uma grande surpresa de sua mãe que irá virar sua vida de cabeça para baixo. Para que possa receber sua gorda herança vai ter de cumprir uma lista de “Metas de Vida” no prazo de um ano, uma lista que fez quando ainda era uma adolescente sonhadora, coisas que na vida em que ela está acostumada a viver não se encaixam e que se realizado cada um desses desejos sua vida atual ira tomar um rumo totalmente diferente.

Confusa, de luto, e sem entender muito bem qual o propósito de sua mãe com tudo isso Brett embarca nessa aventura de principio para que possa receber sua herança e realizar o último desejo de sua mãe mas que com o tempo e com a realização de cada meta a faz desejar realiza-los o quanto antes.

Uma leitura leve e maravilhosa que nos faz repensar cada passo de nossa vida assim como a personagem principal e que mesmo com alguns clichês nos encanta a cada página. Gostei muito do livro e de conhecer a escrita dessa autora.

a-lista-de-brett-2

Sobre a autora:

“Lori Nelson Spielman é ex fonodióloga e orientadora escolar. Atualmente trabalha dando aulas particulares. Ela gosta de correr, viajar e ler, embora sua verdadeira paixão seja escrever. A lista de Brett, seu primeiro romance, teve os direitos vendidos em dezessete países.

Lori vive em East Lansing, no estado do Michigan, com o marido e um gato muito mimado. Eles passam o inverno amaldiçoando o frio gélido da região e os verões velejando o glorioso lago Michigan.”

 

Um destino pra nós dois

viagem_aventura

Pegue suas coisas. Só o que for essencial. Vamos pegar o carro e com esse dinheiro que guardamos a anos para emergência vamos sair por aí sem rumo. Se apresse! Vamos logo! Essa é a maior das emergências…

A vida está passando e a cada dia a dia estamos perdendo a nossa essência. A rotina nos consome e o cansaço também. Não quero sucesso financeiro para nós e nem que você suba de cargo, porque se já esta sem tempo assim na vida, imagina só quando além do seu serviço ainda tenha que tomar conta do serviço de vários outros funcionários que vão passar a ser os seus subordinados. Você odeia o que faz, e eu também.

Não temos tempo para viver, só temos tempo para ganhar, para pagar contas e poupar. Não temos filhos ainda por falta desse mesmo tempo e não realizamos os nossos sonhos pelo mesmo motivo. Estou cansada dessa vida pacata, sem graça, sem tempo e sem vida. Então pegue sua coisas e se apresse!

Nosso país é imenso e cheio de lugares para explorar. O mundo, maior ainda! Então vamos, vamos enquanto ainda há tempo! O cachorro vai conosco. A vida dele também está passando e é bem menor que a nossa para que ele viva ela inteira dentro de um apartamento. Vamos viver! Vamos viajar, explorar e recuperar tudo o que perdemos a longo desses anos.

Quero me realizar. Quero te realizar. Quero dia de aventuras e de sorrisos. Quero passar bem longe da rotina. E o cansaço só se for de sorrir, explorar, amar e se aventurar.

O destino de nós dois está nos esperando do lado de fora desse apartamento. Então pegue básico porque o essencial é termos um ao outro. Quero recuperar aquela menina cheia de sonhos e aquele garoto pelo qual me apaixonei que acreditava que tudo era possível. Quer saber? Eles estavam certos. Quero seu cheiro e seu beijo em meio as maravilhas da natureza, em meio a toda história que existe em cada lugar. Eu e você, nosso cachorro e o mundo.

Vamos, vamos rápido! Vamos enquanto ainda há tempo! Pegue o que for preciso e pela primeira vez na vida vamos VIVER!