Não se apega não!

Não se apega

Sabe aquelas histórias que os personagens começam a fazer parte da sua vida? Quando você termina o livro e quer saber mais e mais? NÃO SE APEGA NÃO é exatamente assim, a história da Isabela te encanta. Ela é uma garota incrível que passa por muita coisa e supera todas as dificuldades do amor e da amizade.

Quanto mais você lê, mais parte da vida da Isabela você quer fazer. Você quer ser amiga dela. Porque a Isabela, somos eu, você, sua prima, sua tia e todas aquelas garotas que sabem como é tentar fazer aquilo que faz mal dar certo. Aquelas que sabem como é se apaixonar por um babaca, como é ficar com alguém pela primeira vez e já se apaixonar, já imaginando como serão os filhos, os netos. Somos aquelas que sabem como é confiar nas pessoas erradas. Enfim, ela nos conhece muito bem. Porque nós somos ou já fomos aquela garota alguma vez na vida, que liga, que insiste, que quebra a cara, mas que no final esta de pé e com um sorriso no rosto, porque tem amigos verdadeiros sempre ao seu lado.

Eu amei o livro, a escrita é fácil e leve. As páginas amareladas. E claro a Isabela Freitas escreve muito e de uma forma que você se identifica, seja com o personagem da história, seja com os textos maravilhosos de seu blog. E se você ainda não conhece, comece a acompanhar o blog dela, tem textos muito especiais que vão se encaixar em alguma parte de você e da sua vida.

“Coração feito de vidro. Ora quebra, ora corta.” (É só o nome de um capítulo).

Decorando com livros!

A Bela e a Fera

Ler é uma das melhores coisas que existem, pelo menos para mim. Ler abre a mente e preenche a alma. Ler faz você viajar, aprender e sonhar!

Como ler é uma coisa tão maravilhosa, nada melhor que usar o tema na hora da decoração. Separei algumas imagens que encontrei no Pinterest, espero que gostem e que inspirem vocês. E para quem não curte muito ler, quem sabe se inspire a começar 😉

Almofadas em forma de livros

Estante de livros torta

Estantes_Clássico

Estantes_Clássicos2

Guirlanda

Inspiração livros escada

Livros abajur

Livros apio casório

Livros apoio mesa (2)

Livros apoio mesa

Livros decor (2)

Livros decor (3)

Livros decor casório

Livros decor

Livros e vidros

Livros em festa

Livros em forma de livros

Livros gaiola

Livros na cozinha

Livros parede

Livros teto

Mesa com livros

Páginas decor de festa

Páginas que enfeitam

Páginas toalha de mesa

Plaquinhas de livros

Plaquinhas_Livros

Quarto

Quarto2

Teto 2

Teto

 

 

Beijos e até a próxima!

A Mediadora!

me (1)

Hoje eu vou falar sobre uma coleção de livros que sem dúvida é uma das melhores que já li: A Mediadora de Meg Cabot!  Uma história que prende totalmente a atenção e te da aquela vontade de acabar logo o livro para saber o que vai acontecer. É o tipo de livro para se “devorar” em um dia.

A história é narrada por Suzannah, uma garota de 16 anos que vê tudo mudar quando sua mãe se casa novamente e muda de Nova York para Carmel, Califórnia para viver com os Ackerman. Suzannah esperava que tudo fosse ainda mais difícil para ela, já que tem o dom de conversar, ver e sentir fantasmas. Dom esse que sempre lhe causou muitos problemas, mas sua ida a Carmel, muda completamente sua vida. A começar pelo morador inesperado do seu quarto, Jesse, um fantasma espanhol, moreno e lindo, que causa uma grande confusão na mente e coração de Suzannah, mas é em  Carmel também que ela conhece o Padre Dominic, diretor da escola em que ela esta matriculada e que também tem o mesmo dom de Suzannah. Ele tenta orientá-la, mas Suzannah é muito rebelde para aceitar ajuda. Ela se mete em muita confusão com diversos tipos de fantasmas e tenta o que pode para solucionar os problemas que os prendem neste mundo. E se não bastasse fantasmas Suzannah tem ainda que enfrentar problemas com humanos como Kelly Prescott e Debbie Mancuso, que acha que é a dona da escola e Paul Slater (mas isso é só no terceiro livro). Mas existem coisas boas como as amizades de Cee-Cee, Gina e Adam, além de descobrir que ganhou uma família incrível.

Resumindo, a história é muito boa, os livros são curtos de até 280 páginas em média. As letras são médias e a leitura muito fácil. A única coisa que me irritou um pouco é que li um livro seguido do outro e em cada um a autora relembra os outros passados, então ficou com um começo um pouco enjoativo. Porém não é algo que tire o sentido ou a vontade de ler o livro.

Avaliação:estrelas4